Band no Enem 2010

Com relação aos resultados das escolas no ENEM 2010, publicados pelo MEC e transformados em ranking pela mídia em 12/09/2011, achamos importante prestar alguns esclarecimentos para um melhor entendimento da posição do Bandeirantes.

O resultado do Bandeirantes no ENEM tem que ser analisado segundo a ótica “com USP” e “sem USP”.

Enquanto a classificação na FUVEST – leia-se USP – tinha um componente relevante da média do ENEM, nossos alunos na quase totalidade participavam do ENEM com toda motivação e entusiasmo. Como consequência, o Bandeirantes obtinha classificações ainda melhores na fase “com USP” – segundo na Cidade de São Paulo e um dos melhores do Brasil em todas as edições com ranking (desde 2005).

No último ENEM com a participação da USP – ENEM 2008 – fomos o 2.o colocado em São Paulo com uma média 0,1% menor do que o primeiro colocado. Com um número 7 vezes maior de alunos  ficamos com a média apenas 0,1% menor. Média do Bandeirantes 75,86 e do 1º colocado 75,97. Com um número muito maior de alunos, necessariamente temos uma dispersão maior das notas e mesmo assim empatamos com o primeiro colocado – um resultado extraordinário.

O que mudou?  Em 2009 e 2010, a USP decidiu que o ENEM não comporia o cálculo da média de classificação dos candidatos que prestam FUVEST. Como consequência, tivemos uma significativa “quebra” da participação dos nossos alunos no ENEM.

Quais alunos do Bandeirantes não se interessaram em participar do ENEM? Os alunos que estabeleceram como prioridade absoluta entrar na USP. Além disso, Centros Universitários, Universidades e Faculdades fora da USP, mas muito demandadas pelos nossos alunos, como FGV, PUC e INSPER, também não utilizaram o ENEM como critério de ingresso.

No ENEM 2010, cujos resultados das escolas foram publicados em 12/09, participaram 62,77% dos alunos das 3.ªs séries do Ensino Médio do Bandeirantes. Essa “quebra” de 37,23%  concentrou-se principalmente nos alunos de Exatas e Humanas. Na melhor turma de Exatas 46,81%  dos alunos não prestaram ENEM. Na melhor turma de Humanas 71,43% dos alunos também decidiram não prestar o ENEM.

A “quebra” nas turmas de Biológicas também foi significativa, mas muito menor do que nas de Exatas e Humanas, em virtude de a Escola Paulista de Medicina – uma das prioridades dos alunos que prestam Vestibular para Medicina – pertencer à Universidade Federal de São Paulo e utilizar o ENEM como um dos critérios de admissão.

Apesar dos fatos acima relatados, nossa posição no ENEM 2009 e 2010, nos coloca entre as melhores escolas da Cidade, do Estado e do País.

Qualquer dúvida ou esclarecimento adicional, terei o máximo prazer em colaborar para um melhor entendimento.

Obrigado,

Mauro de Salles Aguiar
Diretor-Presidente

Leia materia sobre ENEM publicada em 01/12/2010