Primeira turma do Ismart na faculdade

Desde que o Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos – ISMART firmou parceria com o Bandeirantes, em 2007, a rotina do colégio nunca mais foi a mesma. Os excelentes alunos da rede pública, que tiveram que passar por exames rigorosos e períodos de aclimatação em jornada dupla de estudos, trazem todo ano alegria, empenho e muita novidade para os profissionais e estudantes do Band.

É por isso que o Colégio recebeu com muito orgulho a notícia de que os alunos da primeira turma de formados do programa Ismart foram aprovados nas melhores universidades do país.

“Em momento algum sentimos exclusão por parte dos demais alunos do colégio, pelo contrário, sempre se mostraram muito curiosos e receptivos a nosso respeito, demonstrando inclusive admiração pela nossa jornada”, conta Barbara de Rezende, uma das alunas que se formaram ano passado e agora cursa Ciências Atuárias na USP.

“Eu só tenho a agradecer ao Band e ao Ismart, que foram cruciais na minha preparação para ingressar na faculdade. Analisando toda a minha trajetória e meu amadurecimento, penso que se tivesse cursado apenas a escola pública, minhas chances seriam muito pequenas”, completou.

Conheça mais sobre o Projeto Ismart clicando aqui.


Confira os aprovados:

Alan Raso Engenharia de Computação USP
Barbara de Rezende Ribeiro Ciências Atuárias USP
Bruno Henrique da Silva Engenharia Química USP
Camila Cristina de Oliveira Silva Ciência e Tecnologia Unifesp – SISU
Guilherme Junji Miyasawa Engenharia Mecânica USP
Henrique Repecka de Araujo Engenharia Elétrica UniFei – SISU
Ingrid Rodrigues da Silva Direito PUCSP – PROUNI
Jefferson Danilo Sousa Pacheco Têxtil e Moda USP
João Cont Júnior Medicina Veterinária USP
Lara Soares de Freitas Deus Jornalismo USP
Lorena Ramos Lomba Artes Visuais USP
Paulo Henrique Sousa Engenharia Química USP
Raisa Rafaela Santos Gusmão Farmácia e Bioquímica Unicamp
Ricardo Molina Oliveira de Amorim Química Industrial Faculdade Oswaldo Cruz – PROUNI
Thiago Leão Antunes Letras USP

 

 

Conquistas em série

Com os primeiros resultados do vestibular 2012, os estudantes começam a colher os louros de todo o esforço e dedicação. Além das muitas aprovações em universidades conceituadas, resultados muito acima da média enchem de satisfação os alunos recém-formados.

Um desses alunos é Adriano Henrique Fernandes, que já comemorava a primeira colocação no vestibular do Ínsper e a 4ª colocação entre os aprovados para o curso de Economia da Fundação Getúlio Vargas e recebeu a ótima notícia de que foi o primeiro colocado na FEA-USP. O estudante se mostra muito feliz com os resultados, e grato ao apoio que recebeu de sua família, seus amigos e professores. “Eu me esforcei muito, mas não teria conseguido sem esse apoio”, conta o aluno que descreve os professores como verdadeiros amigos e lembra-se de cada um com carinho especial.

O garoto conta que tinha como objetivo os primeiros lugares no vestibular, e para isso levou muito a sério os estudos. Fez o curso preparatório para a prova de matemática do vestibular da FGV no Bandeirantes durante o primeiro semestre e dedicou-se a cumprir as tarefas do colégio até a última etapa da revisão pré-vestibular. Adriano agora espera os resultados de universidades americanas, como Harvard e MIT , enquanto comemora a primeira colocação no vestibular da FEA-USP junto com seus amigos no tradicional retorno à Sala dos Professores no Band.

Sucesso consecutivo

Na última quinta-feira, 10 de fevereiro, o diretor-presidente do Bandeirantes participou de uma homenagem aos aprovados no curso de Direito da Fundação Getúlio Vargas. Mauro de Salles Aguiar recebeu os cumprimentos do professor Oscar Vilhena Vieira, diretor da Direito GV, pelo ótimo desempenho de seus alunos no vestibular.


Mauro de Salles Aguiar recebe a placa do professor Oscar Vilhena Vieira

 

A homenagem é concedida aos três colégios com maior índice de aprovação no curso de Direito da Fundação Getúlio Vargas. Os alunos do Band têm se mostrado preparados para o diferenciado processo seletivo da faculdade, que conta com exames escritos e orais e que tem por objetivo selecionar e formar alunos com “o coração grande e a mente afiada”, nas palavras do professor José Garcez Ghirardi. Desde a criação da homenagem em 2005, o Bandeirantes é o único colégio presente em todos os anos.
Confira a galeria de imagens com todas as placas clicando aqui.

Festejando a aprovação

Na manhã da última segunda-feira, 06 de fevereiro, a sala dos professores recebeu uma movimentação diferente. Rostos pintados e sorridentes voltaram ao Band para comemorar a aprovação no vestibular. A cada encontro, entre alunos e professores, ouvia-se “parabéns, eu sabia que você ia conseguir”, a cada abraço a certeza de que a aprovação não estaria completa sem a festa no colégio. “A gente passa na faculdade só para voltar aqui e entrar na sala dos professores”, brinca Beatriz Domingues, aprovada em Administração na FGV e na FEA-USP.

E não existe obstáculo que impeça os alunos de participar da comemoração, como provou João Pedro Hoffert Monteiro de Lima. Ele soube da aprovação enquanto ainda estava no hospital por conta de uma fratura no pé, e mesmo com a perna imobilizada não deixou de vir ao Band junto de seus pais e de convidados bastante especiais. Seus “host parents”, um casal americano que o recebeu durante um intercâmbio cultural e veio conhecer o Brasil, aproveitando para dividir esta conquista do “filho”. “Nós esperamos ter contribuído para essa conquista”, disse a “mãe” americana, muito orgulhosa.

A equipe que, segundo todos os alunos, foi decisiva para o bom resultado nos vestibulares,foi a de professores. E eles não se cabem de orgulho e satisfação ao verem cada rosto pintado cruzando a porta da sala dos professores. “Logo após o intervalo, dei aula para a turma do 1º ano muito emocionada, como sempre. Fiz os alunos prometerem que voltarão para me dar um abraço em 2015, é um momento muito feliz para todos nós”, afirmou a professora Marina Consolmagno.

Confira a galeria de imagens clicando aqui.

FGV Economia – Band no topo

Depois de anos de dedicação e trabalho bem feito, os resultados tendem a surgir e encher de satisfação os alunos que fizeram por merecer suas boas colocações nos vestibulares. No processo seletivo do curso de Economia da Fundação Getúlio Vargas, não faltaram motivos para os bandeirantinos comemorarem: o 2º, o 4º e o 5º melhores resultados da prova foram de alunos que se formaram no colégio em 2011.

Augusto Nishikawa, 2º colocado, conta que a organização para os estudos e a tranquilidade de já conhecer a prova foram determinantes para o bom resultado. “Fiz todas as provas antigas que encontrei durante o 2º ano do Ensino Médio, pois sabia que não teria muito tempo disponível no 3º ano. Em 2011, me dediquei a treinar muito minha redação, o que me garantiu uma boa nota nesse quesito”, conta o aprovado.

Adriano Henrique Fernandes, aprovado em 4º lugar na FGV e em 1º na classificação geral do vestibular do Ínsper.

 

 

Leonardo Ervolino Corbi, aprovado em 5º lugar na Economia FGV também comemora o bom resultado.

E a cada nova lista de aprovados, mais alunos sentem como o esforço valeu a pena.

Destaque no Ínsper

Com os primeiros resultados do vestibular 2012, os estudantes começam a colher os louros de todo o esforço e dedicação. Além das muitas aprovações em universidades conceituadas, resultados muito acima da média enchem de satisfação os alunos recém-formados. Um desses alunos é Adriano Henrique Fernandes, que foi o primeiro colocado geral no vestibular do Ínsper e 4º colocado entre os aprovados para o curso de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

O estudante se mostra muito feliz com os resultados, e grato ao apoio que recebeu de sua família, seus amigos e professores. “Eu me esforcei muito, mas não teria conseguido sem esse apoio”, conta o aluno que descreve os professores como verdadeiros amigos e lembra-se de cada um com carinho especial.

O garoto conta que tinha como objetivo os primeiros lugares no vestibular, e para isso levou muito a sério os estudos. Fez o curso preparatório para a prova de matemática do vestibular da FGV no Bandeirantes durante o primeiro semestre e dedicou-se a cumprir as tarefas do colégio até a última etapa da revisão pré-vestibular. Aprovado na instituição de sua preferência, Adriano agora espera os resultados de universidades americanas, depois de ter aplicado para diversas instituições como Harvard e MIT e conta os dias para rever os amigos e comemorar a aprovação no Band, como manda a tradição dos alunos.

Agradecimento de Stanford

Universidades americanas são conhecidas por proporcionarem uma experiência muito ampla e levarem em consideração aspectos da vida do aluno que vão além de sua formação acadêmica. Nesse sentido, a Stanford University criou o prêmio “Teacher Tribute Initiative”, que dá aos calouros a oportunidade de indicar um professor que fez a diferença em sua formação escolar para receber uma menção honrosa da universidade. Os educadores do Band, Heinz Adalbert Hillermann e Lilian Siqueira, foram indicados pelos alunos Pedro Milani e Renata Hanna.
Segundo a própria universidade, os indicados são “mentores que ajudaram a moldar suas perspectivas, desenvolver suas habilidades intelectuais e aflorar seu senso de compaixão pelos outros”. A admiração é recíproca. Os professores ficaram emocionados não apenas com a homenagem, mas pelo fato de serem lembrados por alunos que deixaram sua marca no Band. “O Pedro é um ser humano sensacional, o excelente desempenho acadêmico é só um aspecto admirável de sua personalidade. Fico especialmente emocionado com essa lembrança”, contou Heinz. “Dei aula para a Renata durante todo o Ensino Médio, além das aulas preparatórias para as Olimpíadas de Química. Pude acompanhar de perto o interesse dela e a postura exemplar tanto em relação às aulas quanto aos colegas, sempre interessada e prestativa”, lembrou Lilian.

Band no Enem 2010

Com relação aos resultados das escolas no ENEM 2010, publicados pelo MEC e transformados em ranking pela mídia em 12/09/2011, achamos importante prestar alguns esclarecimentos para um melhor entendimento da posição do Bandeirantes.

O resultado do Bandeirantes no ENEM tem que ser analisado segundo a ótica “com USP” e “sem USP”.

Enquanto a classificação na FUVEST – leia-se USP – tinha um componente relevante da média do ENEM, nossos alunos na quase totalidade participavam do ENEM com toda motivação e entusiasmo. Como consequência, o Bandeirantes obtinha classificações ainda melhores na fase “com USP” – segundo na Cidade de São Paulo e um dos melhores do Brasil em todas as edições com ranking (desde 2005).

No último ENEM com a participação da USP – ENEM 2008 – fomos o 2.o colocado em São Paulo com uma média 0,1% menor do que o primeiro colocado. Com um número 7 vezes maior de alunos  ficamos com a média apenas 0,1% menor. Média do Bandeirantes 75,86 e do 1º colocado 75,97. Com um número muito maior de alunos, necessariamente temos uma dispersão maior das notas e mesmo assim empatamos com o primeiro colocado – um resultado extraordinário.

O que mudou?  Em 2009 e 2010, a USP decidiu que o ENEM não comporia o cálculo da média de classificação dos candidatos que prestam FUVEST. Como consequência, tivemos uma significativa “quebra” da participação dos nossos alunos no ENEM.

Quais alunos do Bandeirantes não se interessaram em participar do ENEM? Os alunos que estabeleceram como prioridade absoluta entrar na USP. Além disso, Centros Universitários, Universidades e Faculdades fora da USP, mas muito demandadas pelos nossos alunos, como FGV, PUC e INSPER, também não utilizaram o ENEM como critério de ingresso.

No ENEM 2010, cujos resultados das escolas foram publicados em 12/09, participaram 62,77% dos alunos das 3.ªs séries do Ensino Médio do Bandeirantes. Essa “quebra” de 37,23%  concentrou-se principalmente nos alunos de Exatas e Humanas. Na melhor turma de Exatas 46,81%  dos alunos não prestaram ENEM. Na melhor turma de Humanas 71,43% dos alunos também decidiram não prestar o ENEM.

A “quebra” nas turmas de Biológicas também foi significativa, mas muito menor do que nas de Exatas e Humanas, em virtude de a Escola Paulista de Medicina – uma das prioridades dos alunos que prestam Vestibular para Medicina – pertencer à Universidade Federal de São Paulo e utilizar o ENEM como um dos critérios de admissão.

Apesar dos fatos acima relatados, nossa posição no ENEM 2009 e 2010, nos coloca entre as melhores escolas da Cidade, do Estado e do País.

Qualquer dúvida ou esclarecimento adicional, terei o máximo prazer em colaborar para um melhor entendimento.

Obrigado,

Mauro de Salles Aguiar
Diretor-Presidente

Leia materia sobre ENEM publicada em 01/12/2010

Aprovados no vestibular comemoram

Depois de muito estudo e dedicação, os ex-alunos do Colégio Bandeirantes podem, finalmente, comemorar aliviados: passaram nas mais conceituadas Universidades do Brasil, além de mostrarem um ótimo desempenho no ENEM.

Com cabelos raspados e tinta no rosto, os aprovados voltaram ao Band para dividir suas alegrias com os professores e funcionários, que os acompanharam durante essa vitoriosa jornada.